Press Release
 
COM IMPORTADORES COMPRANDO E A PRESENÇA DE LOJISTAS DE TODO O PAÍS, EVENTO CUMPRE COMPROMISSO DE FOMENTAR NEGÓCIOS E FORNECER INFORMAÇÃO QUALIFICADA.
OTIMISMO E VENDAS SUPERANDO EXPECTATIVAS, ESTE O RETRATO DA FRANCAL 2019, ENCERRADA QUARTA-FEIRA, 5, NO EXPO CENTER NORTE.
Importadores de 16 países convidados pela Francal compraram 124.700 pares durante a feira, totalizando negócios no valor de US$ 2,4 milhões. A expectativa é de que comprem ao menos mais 260 mil pares, representando R$ 4,6 milhões, em função dos contatos iniciados.

Exemplo da presença internacional, o estande coletivo do Rio Grande do Sul teve a visita de compradores estrangeiros da Bolívia, África, Estados Unidos, Portugal, Colômbia, Peru e Chile, além de lojistas das mais variadas regiões do País. Os gaúchos do espaço coletivo contabilizaram vendas acima de R$ 4,4 milhões, equivalentes a 78.763 pares de calçados e ainda tem a perspectiva de concretizar negócios iniciados na Francal no valor de R$ 10 milhões. Realizaram 1.138 contatos e fecharam 514 contratos.

Com estande no Terraço Mall, projeto criado ano passado e que recebeu a adesão de empresas-butiques e mais novas no mercado, totalizando 14, a Clave de Fá, segundo Alexandre Brigagão, vendeu em apenas um dia mais que em outros três de feira similar de calçados.

Únicos representantes do polo de Três Coroas (RS) na Francal, o estande Três Coroas Shoes reuniu seis fabricantes em um espaço de 200 metros quadrados. As marcas Andine, Eléia, Infinitu´s, Valentina, Stéphanie Classic e Variettá fecharam pedidos principalmente com clientes da grande São Paulo. Teve gente, inclusive, que saiu do Expo Center Norte depois das 22 horas no primeiro dia. Foi o caso do estilista da Variettá, Augusto da Silva, que atendeu seu último cliente nesse horário. "O primeiro dia nos surpreendeu. Estamos muito satisfeitos", diz. Executivo comercial do Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas (SICTC), Juliano Mapelli, ainda não tem dados fechados sobre as vendas, mas confirma o resultado superior a 2018. "Já temos associados interessados em estar na próxima edição", confirma.

Tivemos uma feira melhor do que o esperado, confirma o presidente do Conselho Deliberativo da Abicalçados, Caetano Bianco Neto. “O setor está confiante que o segundo semestre será de uma retomada com maior força, especialmente a partir das sinalizações de que as reformas, essenciais para o ordenamento das contas públicas e o retorno do investimento”, explica. Os resultados positivos na produção de calçados em abril (incremento de 8,5%em relação a abril passado), segundo ele, apontam que a roda está começando a girar positivamente. “Boa parte dos expositores que ouvimos está satisfeita, mas o que mais surpreendeu foi a receptividade dos lojistas, que compraram a ideia de uma feira produzida para a excelência do varejo. Os negócios aconteceram em volume importante e apontam para o melhor segundo semestre dos últimos anos”, disse Bianco Neto.

“A Francal 2019 e a Ablac proporcionaram ao varejo brasileiro de calçados o acesso a conhecimentos, tecnologias e produtos que serão determinantes para um segundo semestre com desempenho positivo”, afirma Marcone Tavares, presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Artefatos e Calçados. “O novo perfil da feira atraiu lojistas de todas as regiões e sinaliza para o varejo a possibilidade de, sempre em junho, qualificar-se, fazer pedidos aos fornecedores, ofertar aos consumidores experiências de compras relevantes e potencializar os negócios nos próximos anos. Saímos da feira otimistas e convictos de que nossos negócios tendem a retomar em breve os níveis positivos de outros períodos.”


100% Varejo

Consumidores mais conectados e exigentes estão levando o varejo a se renovar para vencer a concorrência e ganhar mercado. É o se reinvente ou morra! Em seu novo posicionamento, a Francal teve de tudo para mostrar ao lojista como resolver essa equação.

Grande novidade desta edição, espaço 100% Varejo proporcionou aos lojistas uma imersão completa nas tendências mais modernas do varejo e ofereceu tudo de que eles precisam para aumentar o faturamento de suas lojas.

A Francal, que reuniu 350 expositores de calçados, bolsas e acessórios de moda, sendo 25 deles internacionais, em área de 30 mil m2, ainda conectou no espaço 100% Varejo lojistas a 31 empresas de Tecnologia para Varejo, Arquitetura, Equipamentos e Serviços para lojas, e ofereceu soluções para o processo de transformação.

Consultor de Varejo da Francal, Wesley Barbosa assegura que todo lojista que veio à Francal viu e reviu o espaço 100% Varejo. “Teve lojista que filmou, voltou mais de uma vez”, testemunha. Segundo ele, a Francal entregou o que prometeu e deixou claro que na próxima edição lojistas e fabricantes não podem estar ausentes da feira, sob pena de perder conhecimento e lugar no mercado. “A ficha caiu, o lojista que não procurar tecnologia e encantar o cliente não vai sobreviver em pouco tempo”, acredita.

“Com seu novo posicionamento como a Feira do Varejo Calçadista, a Francal 2019, em sua 51ª edição, cumpriu sua missão de fomentar os negócios entre a indústria e o varejo”, observa Abdala Jamil Abdala, presidente da Francal Feiras. “Tenho absoluta convicção, apoiado em depoimentos de fabricantes e lojistas, que em 2020 o caminho desbravado neste ano estará pavimentado para a realização de mais negócios com muito mais novidades e conhecimento para o mercado”, enfatiza Abdala


Data: 06/06/2019

Mais informações para a imprensa:
Primeira Página | Assessoria de Comunicação e Eventos
Luiz Carlos Franco / Jota Silvestre
ppagina@ppagina.com;redacao.jota@ppagina.com
telefone (11) 5908-8210
Jornalista Responsável: Luiz Carlos Franco
Junho/2019